Cursos lato sensu: quais são as opções em alta no mercado?

Com o mercado de trabalho cada vez mais concorrido e competitivo, fazer uma pós-graduação lato sensu é praticamente uma exigência básica para garantir uma boa vaga. Segundo dados da 54ª edição da Pesquisa Salarial, realizada pela Catho Educação, profissionais com título de pós-graduação conseguem um salário 53,7% maior em comparação aos profissionais que não têm essa titulação.

Antes de decidir qual especialização fazer, será fundamental saber em qual área investir. Isso demanda atenção às tendências do mercado e aos cenários mais favoráveis no momento. Ou seja, na hora de escolher uma pós-graduação lato sensu para dar uma guinada na sua carreira, tire um tempo para avaliar também o mercado de trabalho de forma estratégica a fim de identificar quais áreas são mais favoráveis para investir o seu tempo. Quer saber quais opções estão em alta no mercado? Então continue a leitura!

4 áreas para investir em uma pós-graduação lato sensu

Segundo projeção da Catho, algumas áreas e profissões estarão em alta nos próximos anos. Nessa lista, são destaque as seguintes áreas: Tecnologia da Informação, Administração/RH, Comercial/Vendas e Comunicação & Marketing. Fique atento às áreas em alta no mercado e invista em um curso lato sensu no segmento certo!

Confira um pouco mais sobre quatro áreas que estão em alta e nas quais vale investir em um curso de pós-graduação lato sensu:

1. Tecnologia da Informação

O avanço acelerado das novas tecnologias e o surgimento de ferramentas como Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial, Big Data, Realidade Aumentada e das redes sociais modificaram nossa realidade a ponto de levar a sociedade para a era digital.

As profissões que se dedicam a desenvolver soluções para essas demandas se destacam, como é o caso do cientista de dados, do desenvolvedor mobile ou do desenvolvedor de aplicativos móveis.

O curso de especialização de Desenvolvedor Mobile, por exemplo, está entre os mais requisitados. Esse curso é especialmente indicado para profissionais com formação universitária em Engenharia da Computação ou áreas correlatas. Os salários para os profissionais focados nesse mercado variam entre R$ 10 mil e R$ 17 mil.

2. Comunicação e Marketing

Para se diferenciar em um mar de conteúdos publicados diariamente por praticamente todas as marcas, contar com estratégias de marketing inovadoras e que complementam online e offline é algo cada vez mais exigido pelas empresas. Os profissionais que saem na frente nesse mercado são aqueles que se especializam em cursos lato sensu nessas áreas.

Normalmente, quem segue por esse caminho é egresso do curso de graduação em Comunicação. Mas profissionais das áreas de vendas, comercial e de Administração também estão aptos para cursar essas especializações. Entre os cursos lato sensu em alta nessas áreas estão os de Gestão de Marketing, Mídias Digitais e Designer Gráfico. Os salários para quem atua nessa área podem variar de R$ 2 mil a R$ 5 mil, em média.

3. Direito Eletrônico

O aumento expressivo na quantidade de transações realizadas digitalmente trouxe a necessidade de aprimoramento e atualização constantes por parte dos advogados, principalmente para aqueles que desejam atuar em áreas relacionadas ao Direito Eletrônico ou ao Direito Digital.

Essa nova área de atuação é tendência porque possibilita aos advogados se especializarem em um novo mercado que já vem demonstrando sinais de modernização, como os peticionamentos eletrônicos, intimações via aplicativos de mensagens instantâneas, dentre outras ferramentas. O advogado especializado em Direito Eletrônico tem salários que variam, em média, entre R$ 4 mil e R$ 7 mil.

4. Recursos Humanos

Com o mercado do empreendedorismo em expansão e as mudanças trazidas pela revolução digital, encontrar profissionais com as qualificações necessárias para determinadas vagas é um desafio para o setor de Recursos Humanos.

Além da mudança de cenário, os profissionais também buscam por outros aspectos no ambiente corporativo, têm outros anseios na vida profissional e procuram diferentes maneiras de serem reconhecidos nas suas carreiras. Por isso, as empresas precisam desenvolver e manter uma imagem positiva como marca empregadora, fornecendo os aspectos necessários para atrair os bons profissionais do mercado.

Nesse contexto, o profissional de Recursos Humanos especializado em employer branding tem o perfil de atuar na elaboração de estratégias para recrutar e manter esses talentos na corporação, além de construir uma imagem positiva o bastante para engajar os profissionais a fazerem parte do time da empresa.

Ainda não existe um curso específico para essa formação, mas cursos lato sensu das áreas de Administração, Comunicação, Marketing e Recursos Humanos são ótimas alternativas para quem quer se especializar na área. A média salarial dos profissionais de RH qualificados e especializados varia entre R$ 4 mil e R$ 8 mil.

Agora você já sabe quais são os cursos de pós-graduação lato sensu mais em alta para o mercado de trabalho. Com essas e outras informações em mãos, escolha o curso que melhor se encaixa no seu perfil. Ao tomar a sua decisão, não deixe de lado as tendências do mercado para abraçar as melhores oportunidades. Gostou das áreas selecionadas? Aproveite para conhecer outros cursos navegando pelo site Tudo Sobre Pós.

 

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *