Pós-graduação: o que é e como escolher entre lato ou stricto sensu

Você terminou a faculdade e está pensando quais serão os seus próximos passos? Se esse é o seu caso, certamente você já pensou em fazer um curso de especialização. Mas, afinal, o que é, exatamente, a pós-graduação e quais são os diferenciais desse tipo de curso em relação a uma graduação?

Pós-graduação é um curso de especialização feito após a conclusão do ensino superior. Esse tipo de formação é voltada para aqueles que desejam continuar os seus estudos ou se aprofundar em uma área específica. No entanto, existem diferentes tipos de cursos de pós-graduação e é sobre eles que vamos falar neste texto.

Entenda mais sobre pós-graduação: o que é e seus principais tipos

Conforme definição do Ministério da Educação (MEC), pós-graduação lato sensu é o tipo de formação que compreende programas de especialização, incluindo o MBA (Master Business Administration).

Esses cursos possuem duração mínima de de 360 horas. No final desse tipo de formação, o aluno obterá um certificado de conclusão. Para isso, a Instituição de Ensino Superior (IES) escolhida deverá atender às exigências previstas pelo MEC.

Já as pós-graduações stricto sensu são programas de mestrado e doutorado que devem atender às exigências estabelecidas pelo MEC e seguir um edital de seleção. No final do curso, nessa modalidade, o aluno receberá um diploma.

Nos cursos lato sensu, pelo menos 50% dos professores devem ser mestres e doutores. Os demais docentes desse tipo de pós devem ter pelo menos uma especialização. No caso dos cursos stricto sensu, todos os professores devem ter diploma de mestrado ou de doutorado.

Agora que você sabe mais sobre pós-graduação, o que ela é e suas principais modalidades, que tal investir na sua qualificação profissional? Vale lembrar que quem avança mais degraus nos estudos consegue se diferenciar no mercado e aumentar as chances de avançar em uma carreira ou de conseguir um salário melhor.

Como escolher um curso de pós-graduação?

A escolha de um curso de pós-graduação é muito pessoal e pode depender de vários fatores. Entre outros, vale você ponderar sobre os seguintes aspectos:

1. Tempo disponível para estudar

Alguns cursos de especialização podem durar apenas alguns meses (entre 7 a 10 meses, por exemplo), enquanto outras pós-graduações lato sensu podem variar de 1 ano até 1 ano e meio. Já os cursos stricto sensu costumam durar, no mínimo, 2 anos para os casos de mestrado e 4 anos no caso dos cursos de doutorado.

Portanto, avalie bem qual é o tempo que você tem disponível para estudar e o quanto você poderá se dedicar a curto e médio prazo para um curso de pós-graduação. Esse deve ser um dos primeiros critérios que você deverá ponderar antes de escolher o melhor curso de pós-graduação para atender às suas necessidades.

2. Resultados a curto, médio e longo prazos

Assim como os cursos possuem tempos de duração diferentes, como citado acima, os resultados podem chegar, proporcionalmente, no mesmo período de tempo.

Portanto, se você está buscando uma pós-graduação porque almeja uma recolocação no mercado ou para conseguir uma boa ascensão na sua carreira, os cursos com menor duração podem ser a melhor opção para você.

Agora, se o seu objetivo é fazer uma carreira acadêmica, buscando dar aula nas universidades, pode valer a pena investir logo em um mestrado e, depois, seguir em um doutorado – mas tendo em mente que você precisará de diversos anos de dedicação até concluir todo o seu aprendizado e colher os frutos desse investimento.

3. Área de atuação

Outro fator que pode ser determinante para a sua decisão sobre qual curso de pós-graduação fazer é decidir em qual área de atuação você deseja se especializar. Isso porque, se você já tem um projeto em mente e sabe que ele precisará ser bastante aprofundado, as opções de mestrado (e, depois, de doutorado) podem ser melhores.

No caso de você querer se especializar em uma ou mais áreas relacionadas com a profissão na qual você já atua, como podem ser as áreas de Marketing, Tecnologia, Administração, entre outras, as opções de lato sensu, incluindo os cursos de MBA e as especializações, podem ser a sua melhor escolha.

A vantagem de optar por um desses cursos é que você estará diversificando a sua área de atuação, podendo tornar-se especialista e, no futuro, avançar em outros degraus da sua área que envolvam cursos lato ou stricto sensu.

4. Modalidade de ensino

Um outro ponto fundamental na escolha do seu curso de pós-graduação será o tempo que você terá disponível para dedicar-se aos seus novos estudos. Como as pessoas que procuram uma pós-graduação possuem uma formação superior e, muitas vezes, já estão com uma boa colocação no mercado de trabalho, a modalidade de ensino a distância pode ser uma boa oportunidade para seguir se especializando.

Já se você reside próximo de uma universidade e acredita que conseguirá encaixar as aulas presenciais na sua rotina, existem também diversas opções de pós-graduação nas modalidades presencial ou semipresencial. Lembre-se apenas que, caso você opte por uma dessas modalidades, será necessário fazer um planejamento maior de tempo devido aos horários de aula e às exigências envolvendo o número mínimo de presença.

5. Recursos financeiros

Algumas instituições de ensino oferecem descontos nas mensalidades e formas de financiamento que visam facilitar o pagamento dos cursos de pós-graduação. Esses diferenciais estão disponíveis especialmente nas formações do tipo lato sensu, que contemplam cursos de especialização e de MBA.

As opções de mestrado e de doutorado, em alguns casos, possibilitam o apoio financeiro através de bolsas de estudo. No entanto, esses casos exigem dedicação exclusiva e são ofertados apenas em algumas instituições, especialmente as públicas. Como o número de bolsas é limitado, você deve se preparar bem para conseguir uma vaga com esse incentivo ou ter um plano B durante o seu período de formação.

De qualquer maneira, optando por um curso de pós-graduação lato ou stricto sensu, você deverá ter um planejamento financeiro para o período dos seus estudos. Esse deve ser outro ponto a ser levado em conta antes de optar por um ou outro tipo de formação.

Você deve ter percebido, ao ler esse texto, que não existe fórmula pronta ou mesmo um único caminho a ser percorrido quando o assunto é fazer uma pós-graduação. O melhor curso será sempre aquele que você escolher e que atender às suas necessidades.

Conte-nos, nos comentários, qual a sua escolha 🙂 E se você gostou deste conteúdo, compartilhe-o com os seus amigos nas redes sociais!

 

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *